Café com proza

com:

Marcio Viera

CASCAVEL

Presidente do TJMS faz discurso de posse e critica regras de biossegurança contra Covid-19

Published in 26/01/2021 by

Categories: Locais/Regionais Política

Tags: , , ,

Compartilhe agora.

No discurso de posse, Carlos Eduardo Contar que assumiu a presidência do TJ nos próximos dois anos fez duras críticas as medidas de combate ao novo Coronavírus, determinadas pelas autoridades de saúde. O desembargador pediu o retorno normal ao trabalho, e chamou de “irresponsável” quem pede para as pessoas ficarem em casa, como defende a OMS.

Desembargador Carlos Eduardo Contar <BR>é eleito Corregedor-Geral de Justiça
Reprodução: Internet

“Voltemos nossas forças ao retorno ao trabalho, deixemos de viver conduzidos como rebanho para o matadouro daqueles que veneram à morte. Que propagandeiam o quanto pior, o melhor. Desprezemos, pois, o irresponsável, o covarde e picareta de ocasião que afirme ‘fiquem em casa’. Não procurem socorro médico com sintomas leves, não sobrecarreguem o sistema de saúde. […]”

Carlos Eduardo Contar

A solenidade de posse reuniu cerca de 300 convidados do centro de convenção Rubens Gil de Camilo, em Campo Grande. E foi transmitia ainda em tempo real pela internet. O novo presidente do TJ também criticou o trabalho da imprensa frente a pandemia:

“Mostremos nós trabalhadores do serviço público responsabilidade com os deveres e obrigações com aqueles que representamos. E por isto mesmo, retornemos com segurança pondo fim a esquizofrenia e a palhaçada midiática fúnebre, honrando nossos salários e obrigações assim como fazem os trabalhadores da iniciativa privada, que precisam elaborar para sobreviver e não vivem as custas da viúva estatal com salários garantidos no fim do mês. […]”

Carlos Eduardo Contar

O desembargador é contra a crítica do uso de medicamentos contra Covid-19 sem comprovação científica. para o médico infectologista e pesquisador da FioCruz Júlio Proda, o novo presidente do TJ fez um discurso negacionista em relação a pandemia. O pesquisador reforçou ainda que a ciência é a única forma de sair dessa crise sanitária e classificou o discurso do presidente do TJ como “Perigoso”.

O presidente do sindicato dos médicos de Mato Grosso do Sul, Marcelo Santana, também falou sobre o discurso do desembargador, e pediu que as instituições brasileiras atuem de forma científica e racional.

O presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) Nacional, Felipe Santa Cruz, divulgou uma nota de repúdio ao presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul. Na nota ele diz que: “O desembargador Carlos Eduardo Contar ofende os brasileiros e contribui para conduzir o país a um maior número de mortes pela pandemia […]”. Felipe Santa Cruz disse ainda que o discurso demonstra desprezo as pessoas que morreram por causa da pandemia e que o desembargador foi contra a constituição que garante o direito a vida.

Sob as críticas da imprensa, o presidente da OAB Nacional afirmou que o desembargador agrediu quem tem o dever de informar e encerrou cobrando análise da conduta do desembargador pelos órgãos de controle do judiciário.

Fonte: G1 MS

Por: Thiago Silva*

*Com a supervisão e permissão do Diretor de Jornalismo da empresa Cultura FM 97,3.