public Notícia
Home/ Notícia
public Notícia

Três toneladas de maconha são apreendidas dentro de residência em MS; droga estava com etiquetas de identificação

Casa fica em região afastada do centro de Dourados e tinha diversos aparatos para preparação e organização da droga. Outros 214 quilos de skunk foram apreendidos e um homem, de 27 anos, foi preso.
Mais de três toneladas de maconha foram apreendidas dentro de residência em Dourados (MS) — Foto: Carlos da Cruz/TV Morena
Mais de três toneladas de maconha foram apreendidas dentro de residência em Dourados (MS) — Foto: Carlos da Cruz/TV Morena

Mais de três toneladas de maconha e 214 quilos de skunk foram apreendidos dentro de uma residência, nesta terça-feira (11),em um bairro afastado da região central de Dourados, a 229 quilômetros de Campo Grande. A droga estava separada em pacotes, prensada, e com etiquetas com número da remessa, peso e sigla, o que chamou a atenção da polícia.

De acordo com o delegado Rodolfo Daltro, da Delegacia de Repressão aos Crimes de Fronteira (Defron), a casa funcionava como um entreposto de droga e havia “um trabalho muito organizado na preparação do entorpecente”. Segundo Daltro, a sigla utilizada nos pacotes de droga deve ser para identificar o comprador.

Malotes de maconha estavam identificados com peso e siglas, que, segundo a polícia, seriam para identificar os compradores — Foto: Carlos da Cruz/TV Morena
Malotes de maconha estavam identificados com peso e siglas, que, segundo a polícia, seriam para identificar os compradores — Foto: Carlos da Cruz/TV Morena

Os diversos fardos de maconha estavam espalhados em pelo menos quatro cômodos. Ainda foram encontrados um balde com maconha diluída e maçaricos, que, segundo a investigação, seriam usados para deixar a droga ‘mais forte’. Um caderno com anotações sobre os entorpecentes também foi apreendido e um homem, de 27 anos, que estava na casa, foi preso em flagrante. Ele já tinha passagem por tráfico de drogas e contou à polícia que as cargas seguiriam para as regiões sul e sudeste do Brasil.

Para o delegado da Defron, há mais pessoas envolvidas no esquema, que seguirá sendo investigado. Só neste ano, a Delegacia Especializada na Repressão aos Crimes de Fronteira apreendeu cerca de 29 toneladas de drogas.

Fonte/Dados: G1 MS

Por: Thiago Silva

  • message
    Postado por
    Rádio Cultura FM
  • today
    Data
    12/05/2021
  • folder
    Categoria
    Locais/Regionais
  • code
    Feito por
    Sistema Plug
Copyright © 2021 Sistema Plug Todos os direitos reservados
Desenvolvimento Web Plug | J.S
Copyright © 2021 | Sistema Plug
Desenvolvido | Web Plug