Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Filhote de tamanduá-bandeira é resgatado grudado ao corpo da mãe morta por atropelamento em MS

Postado em 12/05/2021 por

Compartilhe agora.
Conforme a Polícia Militar Ambiental, os tamanduás fêmeas carregam seus filhotes na região do dorso e, por isso, talvez tenha escapado do acidente. G1 teve acesso ao vídeo do animal em recuperação.
Filhote de tamanduá-bandeira é resgatado "grudado a mãe" morta por atropelamento em MS — Foto: Polícia Militar Ambiental/Divulgação
Filhote de tamanduá-bandeira é resgatado “grudado a mãe” morta por atropelamento em MS — Foto: Polícia Militar Ambiental/Divulgação

A Polícia Militar Ambiental (PMA) de Coxim, a 242 km de Campo Grande, resgatou um filhote de tamanduá-bandeira agarrado ao dorso da mãe que, foi morta por atropelamento na BR-359, a 20 km da capital.

O resgate foi realizado nessa segunda-feira (10) e, conforme a PMA, os tamanduás fêmeas carregam seus filhotes na região do dorso e, por isso, talvez o animal tenha escapado do acidente.

Sem apresentar ferimentos, o filhote foi recolhido, alimentado e hidratado. O animal silvestre será encaminhado ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS), em Campo Grande para a possível reintrodução na natureza.

Orientações sobre atropelamentos de animais

A PMA orienta às pessoas, que não existe crime ao atropelar um animal sem intenção. No caso, o procedimento correto é parar o veículo em local seguro e com segurança, verificar se o animal está morto. Se não estiver, efetue o socorro.

Se ele estiver morto e estiver na pista de rolamento, o retire com segurança para o acostamento, para evitar que outro usuário da rodovia possa vir a se acidentar.

Fonte/Dados: G1 MS

Por: Thiago Silva

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.